Cálculos renais em cães e gatos


Cães e gatos também podem desenvolver cálculos renais e as manifestações clínicas podem ser sutis ou inespecíficas. Existem diversos tipos de cálculos que podem ser encontrados no trato urinário de pequenos animais, como: oxalato de cálcio, estruvita, urato de amônio, cistina, entre outros. Estes cálculos podem se formar por diversas razões, seja por distúrbios genéticos, infecções, ou alimentação, entre outros. Eles podem se originar nos rins ou bexiga e a localização e tamanho que irão determinar os sinais clínicos que o paciente poderá apresentar.


Em relação aos cálculos renais, temos que levar em consideração dois fatores: tamanho e capacidade de obstruir o fluxo urinário. Cálculos pequenos geralmente são assintomáticos e acabam sendo achados incidentais de radiografias ou ultrassonografias abdominais. Como cães e gatos não parecem demonstrar tanta dor como humanos com cálculos renais, geralmente pequenos cálculos ficam sem tratamento, sendo necessário apenas monitoração do paciente. Entretanto, se o cálculo for grande ou deslocar pelo ureter e causar obstrução do fluxo urinário, a dor abdominal pode ser intensa. Além da dor, a obstrução ureteral pode levar ao desenvolvimento de nefropatia obstrutiva, que pode comprometer a função renal de forma irreversível. A presença de sangue na urina (hematúria) é outro achado comum nestes casos.


Outra complicação dos cálculos renais é a possibilidade de se tornarem sítios de infecção persistente para o trato urinário, o que dificulta bastante o tratamento. As bactérias podem se “esconder” dentro dos cálculos, tornando o tratamento com antibiótico ineficaz.


Algumas raças são predispostas à formação de cálculos, como o Schnauzer, Lhasa Apso, Maltês, Dálmata e Buldogue Inglês. Nestas raças se justifica investigar, mesmo que os pacientes não apresentem nenhum sinal clínico. É importante ressaltar que muitos cães apresentam calcificações renais (nefrocalcinose), que não necessariamente estão relacionadas com cálculos renais.


O tratamento varia bastante conforme o tipo de cálculo renal, pois alguns podem ser dissolvidos, enquanto outros precisam de remoção cirúrgica. Portanto se o teu Pet apresentar cálculo renal, não deixe de leva-lo a um nefrologista experiente para uma avaliação, diagnóstico e tratamento adequado.


Acompanhe nosso site, iremos discutir mais sobre cálculos urinários e nefrocalcinose em post futuros.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
© 2020 Doutor Brum - Todos direitos reservados
Desenvolvido por 
AgendaIcone.png
WhatsIcone.png